Mamografia

A Mamografia Digital é muito conhecida pelos pacientes como a mamografia de alta resolução, e trata-se de um procedimento muito semelhante à mamografia tradicional, porém guarda todas as imagens geradas no computador.

Esse procedimento, na prática, faz com que todos os laudos dos pacientes estejam mais seguros, evitando assim repetições, uma vez que a equipe médica poderá consultar os exames com mais facilidade.

Vale ressaltar que o exame de mamografia é muito importante na hora de manter a saúde das mulheres em dia, sendo um exame rotineiro, pedido por ginecologistas em diversos momentos. Através da Mamografia Digital, a equipe médica consegue evitar problemas mais sérios.

A mamografia, assim como outros exames, vem passando por profundas transformações com o passar do tempo. A técnica não é recente e os primeiros passos foram dados em 1913.

Foi nesse ano que o cientista Albert Salomon divulgou a sua monografia sobre o assunto, que falava especificamente sobre estudos radiológicos. Após esse primeiro momento, novos estudos foram apresentados, entre eles um dirigido pela equipe formada por Kleinschmidt, Warren, Vogel, Seabold e seus colegas, considerado até hoje um dos mais expressivos.

Como funciona o exame?

Durante a Mamografia Digital, os profissionais utilizam um aparelho detector, capaz de transformar o raio-X em um sinal elétrico. Essas informações são repassadas para um computador.

Isso significa que toda a imagem mamográfica gerada durante a Mamografia Digital fica em um banco de dados, que pode ser acessado a qualquer momento pelo médico responsável. O próprio radiologista consegue fazer os ajustes de acordo com as suas necessidades, de sua estação de trabalho, destacando ou ampliando determinadas áreas. Com o auxílio de softwares médicos específicos é possível detectar lesões com mais facilidade, proporcionando um ganho considerável de tempo. Em outras palavras, a paciente acaba ficando menos exposta à radiação quando é feita a Mamografia Digital (se comparada com a mamografia tradicional).

As mulheres mais jovens, que possuem mamas mais densas, costumam ser o grupo que mais se beneficia com a mamografia digital, uma vez que os resultados acabam sendo muito mais conclusivos, por conta das imagens em alta resolução.

Para quem o exame é indicado?

A mamografia digital pode ser feita tanto por homens quanto por mulheres, mas como a maior incidência de câncer de mama é no sexo feminino, a primeira mamografia deve ser realizada aos 35 anos e anualmente após os 40.

Essa é a idade que a maioria dos especialistas costumam estabelecer como mínima. Caso a mulher esteja enquadrada como alto risco para a doença, poderá iniciar o controle mais cedo. São consideradas mulheres de alto risco para a doença aquelas com um ou mais parentes de primeiro grau (mãe, irmã ou filha) com câncer de mama antes dos 50 anos; um ou mais parentes de primeiro grau com câncer de mama bilateral ou câncer de ovário; história familiar de câncer de mama masculino; lesão mamária proliferativa com atipia comprovada em biópsia.

Os homens também podem desenvolver câncer de mama, mas já são considerados casos raros. Desta forma, realizar periodicamente o autoexame é suficiente. Caso se encontre um nódulo suspeito, a pessoa deve buscar ajuda de um profissional.

Principais problemas diagnosticados pelo exame?

A Mamografia Digital é mais indicada na hora de detectar o câncer de mama. Esse é um dos motivos dela fazer parte dos exames de rotina das mulheres, uma vez que a doença é mais comum nesse grupo.

Além desse, existem outros casos onde a mamografia digital se mostrou muito eficaz, como por exemplo:

  • Analisar mais profundamente o relato de dores na área da mama, ou nódulos palpáveis que podem ser o sinal de algo mais grave.
  • Analisar alterações na aparência da mama.
  • Avaliar alterações diagnosticadas em outros exames complementares, como por exemplo, a ultrassonografia.
  • Homens que tenham percebido algum tipo de alteração nessa area.

Existe contraindicações?

Não existem contraindicações para o exame de mamografia digital. O que há na verdade são alguns cuidados que garantem mais segurança para os pacientes.

E nesse contexto entram as pessoas que possuem marca-passo ou que sejam mastectomizadas. As gestantes também precisam ter cuidado e sempre informar o médico responsável.

Há especialistas que também recomendam que as pacientes mais jovens devam buscar o ultrassom, no entanto, há casos em que é impossível evitar o exame de mamografia digital.

Cuidados e preparação para a mamografia digital

Durante o exame da mamografia digital muitas mulheres se queixam de desconfortos, porém com alguns cuidados básicos é possível evitar alguns deles.

Não faça o exame logo após o período menstrual:

O ideal é que o exame seja feito na segunda ou terceira semana após a menstruação. É justamente esse período onde a densidade da mama é menor (quando se fala em glândulas). Próximo à menstruação, os seios costumam ficar mais sensíveis, o que acaba gerando mais desconforto.

Vista peças de roupas separadas no dia do exame:

Durante a mamografia digital será necessário que a pessoa tire a parte de cima da roupa, ou seja, é muito desconfortável se a mulher estiver de vestido ou macacão.

Se coloque de uma forma confortável:

Durante o exame se deixe conduzir pela pessoa responsável, que irá posiciona-la da melhor maneira possível. É importante que o corpo esteja relaxado.

Converse com o médico sobre qualquer problema:

É comum que alguns pacientes tenham certas “limitações”, como rigidez nos músculos ou problemas de coluna, que poderiam evitar o melhor posicionamento. Exponha esses fatores à equipe médica.

Também é fundamental levar exames feitos em consultas anteriores, dessa maneira o médico consegue ter uma melhor orientação. Avise sempre se possui implantes na mama, e caso tenha percebido algum problema, exponha-o. Evite o uso de perfumes e desodorantes na região.

Clínica da Mama em Brasília é referência quando o assunto é Mamografia Digital e possui profissionais altamente capacitados para fazer o melhor atendimento possível. Marque já o seu exame de Mamografia Digital.

A Clínica da Mama em Brasília conta com recursos avançados para realização da mamografia digital.

MARQUE SUA CONSULTA OU EXAME

Mamografia

A Mamografia Digital é muito conhecida pelos pacientes como a mamografia de alta resolução, e trata-se de um procedimento muito semelhante à mamografia tradicional, porém guarda todas as imagens geradas no computador.

Esse procedimento, na prática, faz com que todos os laudos dos pacientes estejam mais seguros, evitando assim repetições, uma vez que a equipe médica poderá consultar os exames com mais facilidade.

Vale ressaltar que o exame de mamografia é muito importante na hora de manter a saúde das mulheres em dia, sendo um exame rotineiro, pedido por ginecologistas em diversos momentos. Através da Mamografia Digital, a equipe médica consegue evitar problemas mais sérios.

A mamografia, assim como outros exames, vem passando por profundas transformações com o passar do tempo. A técnica não é recente e os primeiros passos foram dados em 1913.

Foi nesse ano que o cientista Albert Salomon divulgou a sua monografia sobre o assunto, que falava especificamente sobre estudos radiológicos. Após esse primeiro momento, novos estudos foram apresentados, entre eles um dirigido pela equipe formada por Kleinschmidt, Warren, Vogel, Seabold e seus colegas, considerado até hoje um dos mais expressivos.

Como funciona o exame?

Durante a Mamografia Digital, os profissionais utilizam um aparelho detector, capaz de transformar o raio-X em um sinal elétrico. Essas informações são repassadas para um computador.

Isso significa que toda a imagem mamográfica gerada durante a Mamografia Digital fica em um banco de dados, que pode ser acessado a qualquer momento pelo médico responsável. O próprio radiologista consegue fazer os ajustes de acordo com as suas necessidades, de sua estação de trabalho, destacando ou ampliando determinadas áreas. Com o auxílio de softwares médicos específicos é possível detectar lesões com mais facilidade, proporcionando um ganho considerável de tempo. Em outras palavras, a paciente acaba ficando menos exposta à radiação quando é feita a Mamografia Digital (se comparada com a mamografia tradicional).

As mulheres mais jovens, que possuem mamas mais densas, costumam ser o grupo que mais se beneficia com a mamografia digital, uma vez que os resultados acabam sendo muito mais conclusivos, por conta das imagens em alta resolução.

Para quem o exame é indicado?

A mamografia digital pode ser feita tanto por homens quanto por mulheres, mas como a maior incidência de câncer de mama é no sexo feminino, a primeira mamografia deve ser realizada aos 35 anos e anualmente após os 40.

Essa é a idade que a maioria dos especialistas costumam estabelecer como mínima. Caso a mulher esteja enquadrada como alto risco para a doença, poderá iniciar o controle mais cedo. São consideradas mulheres de alto risco para a doença aquelas com um ou mais parentes de primeiro grau (mãe, irmã ou filha) com câncer de mama antes dos 50 anos; um ou mais parentes de primeiro grau com câncer de mama bilateral ou câncer de ovário; história familiar de câncer de mama masculino; lesão mamária proliferativa com atipia comprovada em biópsia.

Os homens também podem desenvolver câncer de mama, mas já são considerados casos raros. Desta forma, realizar periodicamente o autoexame é suficiente. Caso se encontre um nódulo suspeito, a pessoa deve buscar ajuda de um profissional.

Principais problemas diagnosticados pelo exame?

A Mamografia Digital é mais indicada na hora de detectar o câncer de mama. Esse é um dos motivos dela fazer parte dos exames de rotina das mulheres, uma vez que a doença é mais comum nesse grupo.

Além desse, existem outros casos onde a mamografia digital se mostrou muito eficaz, como por exemplo:

  • Analisar mais profundamente o relato de dores na área da mama, ou nódulos palpáveis que podem ser o sinal de algo mais grave.
  • Analisar alterações na aparência da mama.
  • Avaliar alterações diagnosticadas em outros exames complementares, como por exemplo, a ultrassonografia.
  • Homens que tenham percebido algum tipo de alteração nessa area.

Existe contraindicações?

Não existem contraindicações para o exame de mamografia digital. O que há na verdade são alguns cuidados que garantem mais segurança para os pacientes.

E nesse contexto entram as pessoas que possuem marca-passo ou que sejam mastectomizadas. As gestantes também precisam ter cuidado e sempre informar o médico responsável.

Há especialistas que também recomendam que as pacientes mais jovens devam buscar o ultrassom, no entanto, há casos em que é impossível evitar o exame de mamografia digital.

Cuidados e preparação para a mamografia digital

Durante o exame da mamografia digital muitas mulheres se queixam de desconfortos, porém com alguns cuidados básicos é possível evitar alguns deles.

Não faça o exame logo após o período menstrual:

O ideal é que o exame seja feito na segunda ou terceira semana após a menstruação. É justamente esse período onde a densidade da mama é menor (quando se fala em glândulas). Próximo à menstruação, os seios costumam ficar mais sensíveis, o que acaba gerando mais desconforto.

Vista peças de roupas separadas no dia do exame:

Durante a mamografia digital será necessário que a pessoa tire a parte de cima da roupa, ou seja, é muito desconfortável se a mulher estiver de vestido ou macacão.

Se coloque de uma forma confortável:

Durante o exame se deixe conduzir pela pessoa responsável, que irá posiciona-la da melhor maneira possível. É importante que o corpo esteja relaxado.

Converse com o médico sobre qualquer problema:

É comum que alguns pacientes tenham certas “limitações”, como rigidez nos músculos ou problemas de coluna, que poderiam evitar o melhor posicionamento. Exponha esses fatores à equipe médica.

Também é fundamental levar exames feitos em consultas anteriores, dessa maneira o médico consegue ter uma melhor orientação. Avise sempre se possui implantes na mama, e caso tenha percebido algum problema, exponha-o. Evite o uso de perfumes e desodorantes na região.

Clínica da Mama em Brasília é referência quando o assunto é Mamografia Digital e possui profissionais altamente capacitados para fazer o melhor atendimento possível. Marque já o seu exame de Mamografia Digital.

A Clínica da Mama em Brasília conta com recursos avançados para realização da mamografia digital.

OUTROS EXAMES

MARQUE SUA CONSULTA OU EXAME:

Para Agendar Consultas, Exames e Procedimentos.
(61) 3213 6625