Você sabe o que é e para que serve a Mamotomia?

Você sabe o que é e para que serve a Mamotomia?

O artigo de hoje é sobre um procedimento que seu médico poderá pedir após fazer a mamografia e constar alguma discrepância. A mamotomia é uma variante de biópsia de mama. Com a mamografia ou o ultrassom de mamas é possível saber o local exato para a extração de fragmentos de tecidos mamários por meio de agulhamento com um sistema a vácuo que captura o material e já é encaminhado para exame anatomopatológico verificando assim as alterações.

Para que serve?

A mamotomia é altamente precisa para ajudar o médico, diagnosticando uma variedade de anomalias mamárias. Das palpáveis até àquelas que você não pode. O diagnóstico das amostras obtidas é altamente confiável​​. Esse procedimento pode ajudar o médico a fazer um diagnóstico altamente preciso de uma anormalidade de mama sem a necessidade de uma cirurgia. Também pode ser utilizada para verificar nódulos benignos como um fibroadenoma.

Como é realizado o exame?

Usando a ultrassonografia ou a mamografia com sistema digital e computadorizado, o médico localiza a área a ser trabalhada aplica uma anestesia a região e faz uma pequena incisão local introduzindo a agulha da mamotomia.

Depois se inicia a retirada dos fragmentos mamários acionando o sistema a vácuo e o mecanismo de corte do instrumental, isso possibilita a retirada de diversas amostras de tecido com uma única introdução da agulha.

Ao término da coleta, o médico comprime a área puncionada diminuindo a chance de sangramento. Esse procedimento dispensa internação hospitalar e sua recuperação é praticamente imediata.

O autoexame é a primeira atenção que a mulher dá ao seu corpo. Com ele é possível identificar no início possíveis complicações. Por isso sempre deixamos muito claro que é primordial fazer mensalmente o exame de toque nas mamas para verificação de anomalias, se caso perceber algo errado, agende uma consulta com seu médico. Assim outros exames serão pedidos caso o médico desconfie de algo. Indicamos que se consulte o ginecologista de seis em seis meses para consulta de rotina e exames como papanicolau e mamografia sejam feitos anualmente.

Arquivo em: — Clínica da Mama @ 12/06/2015, 20:35

MARQUE SUA CONSULTA OU EXAME

Você sabe o que é e para que serve a Mamotomia?

O artigo de hoje é sobre um procedimento que seu médico poderá pedir após fazer a mamografia e constar alguma discrepância. A mamotomia é uma variante de biópsia de mama. Com a mamografia ou o ultrassom de mamas é possível saber o local exato para a extração de fragmentos de tecidos mamários por meio de agulhamento com um sistema a vácuo que captura o material e já é encaminhado para exame anatomopatológico verificando assim as alterações.

Para que serve?

A mamotomia é altamente precisa para ajudar o médico, diagnosticando uma variedade de anomalias mamárias. Das palpáveis até àquelas que você não pode. O diagnóstico das amostras obtidas é altamente confiável​​. Esse procedimento pode ajudar o médico a fazer um diagnóstico altamente preciso de uma anormalidade de mama sem a necessidade de uma cirurgia. Também pode ser utilizada para verificar nódulos benignos como um fibroadenoma.

Como é realizado o exame?

Usando a ultrassonografia ou a mamografia com sistema digital e computadorizado, o médico localiza a área a ser trabalhada aplica uma anestesia a região e faz uma pequena incisão local introduzindo a agulha da mamotomia.

Depois se inicia a retirada dos fragmentos mamários acionando o sistema a vácuo e o mecanismo de corte do instrumental, isso possibilita a retirada de diversas amostras de tecido com uma única introdução da agulha.

Ao término da coleta, o médico comprime a área puncionada diminuindo a chance de sangramento. Esse procedimento dispensa internação hospitalar e sua recuperação é praticamente imediata.

O autoexame é a primeira atenção que a mulher dá ao seu corpo. Com ele é possível identificar no início possíveis complicações. Por isso sempre deixamos muito claro que é primordial fazer mensalmente o exame de toque nas mamas para verificação de anomalias, se caso perceber algo errado, agende uma consulta com seu médico. Assim outros exames serão pedidos caso o médico desconfie de algo. Indicamos que se consulte o ginecologista de seis em seis meses para consulta de rotina e exames como papanicolau e mamografia sejam feitos anualmente.

Arquivo em: — Clínica da Mama @ 12/06/2015, 20:35

OUTRAS NOTÍCIAS

MARQUE SUA CONSULTA OU EXAME:

Para Agendar Consultas, Exames e Procedimentos.
(61) 3213 6625