Vantagens da tomossíntese mamária

O diagnóstico precoce do câncer de mama ainda é um dos maiores aliados na cura da doença. Para tal existem diversos exames que podem ser realizados, como o autoexame, a mamografia e também a tomossíntese mamária. Todos estes exames devem ser feitos periodicamente, de acordo com a indicação do médico, permitindo identificar lesões menores e iniciar um tratamento mais rapidamente.

Esse exame é considerado um avanço em relação à mamografia digital e aumenta em 12% as chances de identificação de cânceres em estágio inicial e tumores em mamas mais heterogêneas e densas. A visualização da mama é tridimensional (3D), fornecendo diversas imagens de até 1mm de espessura em alta resolução.

Devido à fragmentação das imagens, elas são muito mais detalhadas, possibilitando a identificação de tumores mais facilmente. Evita-se ainda que eles sejam confundidos com a sobreposição de estruturas glandulares, que pode provocar falsos positivos.

As imagens são capturadas de diferentes ângulos, para que todas as estruturas mamárias fiquem visíveis. O exame é semelhante à mamografia, com o posicionamento e compressão das mamas. Por tratar-se de um exame bastante recente e que utiliza tecnologia avançada, ele propícia diversos benefícios para as pacientes.

A tomossíntese proporciona uma melhor visão da mama

De fato, uma das principais vantagens da tomossíntese refere-se à possibilidade de melhor visualização das estruturas mamárias, o que facilita um diagnóstico correto do câncer de mama. A tecnologia 3D somada à fragmentação de microimagens de diferentes ângulos, faz com que o especialista consiga ter uma visão completa da lesão e determinar o tamanho, bordas e outras características que são determinantes para um diagnóstico correto.

Além do benefício estender-se a todas as pacientes, ele é particularmente interessante para mulheres que possuem a mama mais densa e nas quais a visualização dos tumores pode ser comprometida, comparados à exames realizados com a mamografia isolada.

O exame reduz a necessidade de biópsias

Devido a maior sensibilidade e especificidade da tomossíntese mamária, os casos de falsos positivos são mais raros.

A realização de exames adicionais para identificação de lesões e a necessidade de biópsia ficam também reduzidas, uma vez que o diagnóstico é dado com mais exatidão e segurança.

Aumenta a precisão do diagnóstico

Um dos grandes benefícios do exame de tomossíntese refere-se a maior precisão do diagnóstico de câncer de mama, mesmo em casos de tumores ainda pequenos e que podem passar despercebidos em outros exames, retardando o tratamento e prejudicando as chances de cura da paciente.

câncer de mama pode manifestar-se de diferentes formas, como calcificações, nódulos ou infiltrações no tecido mamário. Este último fator torna o diagnóstico mais difícil.

Identifica com mais precisão as bordas da lesão

A visualização das bordas das lesões mamárias é essencial para que o especialista possa identificar se o tumor é benigno ou maligno. A tomossíntese permite maior detalhamento, possibilitando a definição do tumor. Nesses casos, dependendo do tipo de lesão, o especialista pode também solicitar exames complementares, como a mamotomia.

tomossíntese está entre os exames mais modernos e eficazes para diagnóstico do câncer de mama. Portanto, se há suspeita de tumor mamário, converse com seu médico sobre essa possibilidade.

Arquivo em: Tomossíntese — Clínica da Mama @ 31/07/2018, 18:47

MARQUE SUA CONSULTA OU EXAME

O diagnóstico precoce do câncer de mama ainda é um dos maiores aliados na cura da doença. Para tal existem diversos exames que podem ser realizados, como o autoexame, a mamografia e também a tomossíntese mamária. Todos estes exames devem ser feitos periodicamente, de acordo com a indicação do médico, permitindo identificar lesões menores e iniciar um tratamento mais rapidamente.

Esse exame é considerado um avanço em relação à mamografia digital e aumenta em 12% as chances de identificação de cânceres em estágio inicial e tumores em mamas mais heterogêneas e densas. A visualização da mama é tridimensional (3D), fornecendo diversas imagens de até 1mm de espessura em alta resolução.

Devido à fragmentação das imagens, elas são muito mais detalhadas, possibilitando a identificação de tumores mais facilmente. Evita-se ainda que eles sejam confundidos com a sobreposição de estruturas glandulares, que pode provocar falsos positivos.

As imagens são capturadas de diferentes ângulos, para que todas as estruturas mamárias fiquem visíveis. O exame é semelhante à mamografia, com o posicionamento e compressão das mamas. Por tratar-se de um exame bastante recente e que utiliza tecnologia avançada, ele propícia diversos benefícios para as pacientes.

A tomossíntese proporciona uma melhor visão da mama

De fato, uma das principais vantagens da tomossíntese refere-se à possibilidade de melhor visualização das estruturas mamárias, o que facilita um diagnóstico correto do câncer de mama. A tecnologia 3D somada à fragmentação de microimagens de diferentes ângulos, faz com que o especialista consiga ter uma visão completa da lesão e determinar o tamanho, bordas e outras características que são determinantes para um diagnóstico correto.

Além do benefício estender-se a todas as pacientes, ele é particularmente interessante para mulheres que possuem a mama mais densa e nas quais a visualização dos tumores pode ser comprometida, comparados à exames realizados com a mamografia isolada.

O exame reduz a necessidade de biópsias

Devido a maior sensibilidade e especificidade da tomossíntese mamária, os casos de falsos positivos são mais raros.

A realização de exames adicionais para identificação de lesões e a necessidade de biópsia ficam também reduzidas, uma vez que o diagnóstico é dado com mais exatidão e segurança.

Aumenta a precisão do diagnóstico

Um dos grandes benefícios do exame de tomossíntese refere-se a maior precisão do diagnóstico de câncer de mama, mesmo em casos de tumores ainda pequenos e que podem passar despercebidos em outros exames, retardando o tratamento e prejudicando as chances de cura da paciente.

câncer de mama pode manifestar-se de diferentes formas, como calcificações, nódulos ou infiltrações no tecido mamário. Este último fator torna o diagnóstico mais difícil.

Identifica com mais precisão as bordas da lesão

A visualização das bordas das lesões mamárias é essencial para que o especialista possa identificar se o tumor é benigno ou maligno. A tomossíntese permite maior detalhamento, possibilitando a definição do tumor. Nesses casos, dependendo do tipo de lesão, o especialista pode também solicitar exames complementares, como a mamotomia.

tomossíntese está entre os exames mais modernos e eficazes para diagnóstico do câncer de mama. Portanto, se há suspeita de tumor mamário, converse com seu médico sobre essa possibilidade.

Arquivo em: Tomossíntese — Clínica da Mama @ 31/07/2018, 18:47

OUTRAS NOTÍCIAS

MARQUE SUA CONSULTA OU EXAME:

Para Agendar Consultas, Exames e Procedimentos.
(61) 3213 6625