Taxa de sobrevida ao Câncer de Mama – Taxa por estágio

Taxa de sobrevida ao Câncer de Mama

De acordo com informações divulgadas pelo INCA (Instituto Nacional de Câncer), no Brasil o câncer de mama é o tipo mais recorrente entre as mulheres, numa porcentagem de 22% de todos os casos de câncer. É também o segundo tipo mais recorrente entre a população em geral (homens e mulheres) e é o tipo de câncer que mais leva as pacientes a óbito.

O câncer de mama pode ser devastador, mas se diagnosticado e tratado nos estágios iniciais, possui uma chance de mais de 90% de sucesso no tratamento. Se detectado no início geralmente podem ser utilizados métodos menos invasivos.

Essas informações mostram a importância da conscientização acerca da necessidade de se prevenir e diagnosticar precocemente.

Taxa de sobrevida para o Câncer de mama

Sobrevida é o termo utilizado para avaliar os resultados dos tratamentos, mensurando as chances de vida  de 05 anos após a remoção do tumor e realização de todos os procedimentos. A medida em que as técnicas terapêuticas evoluem, as taxas de sobrevida também aumentam. Conheça abaixo as taxas de sobrevida avaliadas para mulheres em cinco estágios do câncer de mama, de forma que 0 significa o tratamento em estágio inicial do tumor.

Estágio / Taxa de Sobrevida em 5 anos

0 - 100%

I - 100%

II - 93%

III - 72%

IV - 22%

Ao analisar as taxas de sobrevida, podemos perceber que as chances de cura do câncer de mama nos estágios iniciais são completas. A medida que o tratamento é iniciado tardiamente, piores são os prognósticos. Assim, é de extrema importância que todas as mulheres realizem o autoexame periodicamente. Se percebida qualquer alteração no formato, aspecto, densidade ou secreção da mama, a mulher deve procurar um mastologista para um  diagnóstico do problema.

Anexo, tabela de sobrevida.

Estágio Taxa de Sobrevida em 5 anos
0 100%
I 100%
II 93%
III 72%
IV 22%

Arquivo em: — Clínica da Mama @ 23/01/2017, 12:46

MARQUE SUA CONSULTA OU EXAME

Taxa de sobrevida ao Câncer de Mama

De acordo com informações divulgadas pelo INCA (Instituto Nacional de Câncer), no Brasil o câncer de mama é o tipo mais recorrente entre as mulheres, numa porcentagem de 22% de todos os casos de câncer. É também o segundo tipo mais recorrente entre a população em geral (homens e mulheres) e é o tipo de câncer que mais leva as pacientes a óbito.

O câncer de mama pode ser devastador, mas se diagnosticado e tratado nos estágios iniciais, possui uma chance de mais de 90% de sucesso no tratamento. Se detectado no início geralmente podem ser utilizados métodos menos invasivos.

Essas informações mostram a importância da conscientização acerca da necessidade de se prevenir e diagnosticar precocemente.

Taxa de sobrevida para o Câncer de mama

Sobrevida é o termo utilizado para avaliar os resultados dos tratamentos, mensurando as chances de vida  de 05 anos após a remoção do tumor e realização de todos os procedimentos. A medida em que as técnicas terapêuticas evoluem, as taxas de sobrevida também aumentam. Conheça abaixo as taxas de sobrevida avaliadas para mulheres em cinco estágios do câncer de mama, de forma que 0 significa o tratamento em estágio inicial do tumor.

Estágio / Taxa de Sobrevida em 5 anos

0 - 100%

I - 100%

II - 93%

III - 72%

IV - 22%

Ao analisar as taxas de sobrevida, podemos perceber que as chances de cura do câncer de mama nos estágios iniciais são completas. A medida que o tratamento é iniciado tardiamente, piores são os prognósticos. Assim, é de extrema importância que todas as mulheres realizem o autoexame periodicamente. Se percebida qualquer alteração no formato, aspecto, densidade ou secreção da mama, a mulher deve procurar um mastologista para um  diagnóstico do problema.

Anexo, tabela de sobrevida.

Estágio Taxa de Sobrevida em 5 anos
0 100%
I 100%
II 93%
III 72%
IV 22%

Arquivo em: — Clínica da Mama @ 23/01/2017, 12:46

OUTRAS NOTÍCIAS

MARQUE SUA CONSULTA OU EXAME:

Para Agendar Consultas, Exames e Procedimentos.
(61) 3213 6625