Sintomas iniciais que podem indicar câncer de mama

Sintomas iniciais que podem indicar câncer de mama

O câncer de mama tem maior incidência entre mulheres no mundo inteiro e atinge também os homens. Uma das características fundamentais que determina o sucesso de um tratamento contra o câncer de mama é a detecção precoce do tumor, pois quanto antes for identificado, maiores são as chances de cura da doença.

Casos de câncer diagnosticados precocemente possuem 100% de chance de cura e, muitas vezes, não necessitam de cirurgia de remoção do tumor. Por isso, é imprescindível que as pessoas consigam identificar qualquer alteração no corpo que sugira a presença da doença em seu início e, assim fazer o tratamento adequado.

Como identificar alterações no corpo causadas pelo câncer de mama?

As principais alterações ocorridas no câncer de mama estão relacionadas à aparência, estrutura das mamas e da região ao seu redor e, por isso, a mulher deve estar sempre atenta ao formato normal de seus seios.

Além da observação natural, a melhor forma de se identificar o surgimento de tumores é por meio do autoexame, que deve ser feito todo mês, aproximadamente no décimo dia após o início da menstruação.

Conheça abaixo alguns sintomas iniciais que podem indicar câncer de mama:

Sinais que podem indicar  Câncer de Mama

  • Aparecimento de nódulos: A maioria dos nódulos é benigna e ocorrem principalmente por alterações hormonais, porém qualquer mudança deve ser avaliada por um médico;
  • Sangramentos ou secreções anormais na mama;
  • Alterações na pele, que podem ser: vermelhidão, celulite anormal ou aparência granulada, feridas locais sem aparente explicação;
  • Alterações na forma da mama: inflamações, inchaços ou protuberâncias que causam assimetria;
  • Alterações na forma do mamilo: Afundamento ou inchaço;
  • Dores, grande sensibilidade na mama, perda de peso repentina inexplicável e cansaços anormais também são sintomas que indicam a formação inicial de um câncer de mama.

É importante que a mulher esteja sempre atenta ao seu corpo, especialmente após os 40 anos de idade. Histórico familiar, estilo de vida estressante e hábitos de fumo são fatores que aumentam os riscos de desenvolver a doença.

Independentemente de perceber ou não alterações, também é importante realizar exames de checagem periodicamente, de preferência uma vez ao ano, como ultrassonografia e mamografia.

Arquivo em: — Clínica da Mama @ 20/02/2017, 14:04

MARQUE SUA CONSULTA OU EXAME

Sintomas iniciais que podem indicar câncer de mama

O câncer de mama tem maior incidência entre mulheres no mundo inteiro e atinge também os homens. Uma das características fundamentais que determina o sucesso de um tratamento contra o câncer de mama é a detecção precoce do tumor, pois quanto antes for identificado, maiores são as chances de cura da doença.

Casos de câncer diagnosticados precocemente possuem 100% de chance de cura e, muitas vezes, não necessitam de cirurgia de remoção do tumor. Por isso, é imprescindível que as pessoas consigam identificar qualquer alteração no corpo que sugira a presença da doença em seu início e, assim fazer o tratamento adequado.

Como identificar alterações no corpo causadas pelo câncer de mama?

As principais alterações ocorridas no câncer de mama estão relacionadas à aparência, estrutura das mamas e da região ao seu redor e, por isso, a mulher deve estar sempre atenta ao formato normal de seus seios.

Além da observação natural, a melhor forma de se identificar o surgimento de tumores é por meio do autoexame, que deve ser feito todo mês, aproximadamente no décimo dia após o início da menstruação.

Conheça abaixo alguns sintomas iniciais que podem indicar câncer de mama:

Sinais que podem indicar  Câncer de Mama

  • Aparecimento de nódulos: A maioria dos nódulos é benigna e ocorrem principalmente por alterações hormonais, porém qualquer mudança deve ser avaliada por um médico;
  • Sangramentos ou secreções anormais na mama;
  • Alterações na pele, que podem ser: vermelhidão, celulite anormal ou aparência granulada, feridas locais sem aparente explicação;
  • Alterações na forma da mama: inflamações, inchaços ou protuberâncias que causam assimetria;
  • Alterações na forma do mamilo: Afundamento ou inchaço;
  • Dores, grande sensibilidade na mama, perda de peso repentina inexplicável e cansaços anormais também são sintomas que indicam a formação inicial de um câncer de mama.

É importante que a mulher esteja sempre atenta ao seu corpo, especialmente após os 40 anos de idade. Histórico familiar, estilo de vida estressante e hábitos de fumo são fatores que aumentam os riscos de desenvolver a doença.

Independentemente de perceber ou não alterações, também é importante realizar exames de checagem periodicamente, de preferência uma vez ao ano, como ultrassonografia e mamografia.

Arquivo em: — Clínica da Mama @ 20/02/2017, 14:04

OUTRAS NOTÍCIAS

MARQUE SUA CONSULTA OU EXAME:

Para Agendar Consultas, Exames e Procedimentos.
(61) 3213 6625