A ressonância magnética no diagnóstico do câncer de mama

Exame de Ressonância Magnética
O câncer de mama é uma doença que infelizmente ainda acomete muitas mulheres do mundo todo. O mês de outubro tem uma importância especial na história da enfermidade, pois é comemorado o Outubro Rosa, um movimento popular conhecido no mundo inteiro que conscientiza as mulheres sobre a importância do diagnóstico precoce da doença.

O tratamento precoce do câncer de mama é muito importante no combate à doença, e por isso deve ser feito exames periodicamente, para a descoberta de algum tipo de problema o quanto antes. Até porque o paciente tem mais chances de cura da enfermidade se o problema for descoberto precocemente.

A ressonância magnética é um destes exames que devem ser feitos para a descoberta precoce do câncer de mama. O procedimento é capaz de combinar campos magnéticos, além de sistemas de computador e ondas de rádio para a obtenção de imagens tridimensionais. Ou seja, este é um exame sem radiação ao compararmos com o procedimento da mamografia.

A RM é recomendada em casos de mulheres que foram operadas de câncer de mama, e em que exista uma suspeita de recidiva, em avaliação de implante de silicone e mulheres com mamas densas na mamografia.

O exame de ressonância magnética é indicado em diversos casos, e seu médico poderá fazer a avaliação para recomendar o melhor procedimento de acordo com seu quadro. Para a realização de exame é preciso que o paciente fique em repouso, sem se mexer por uma média de 30 minutos. O profissional administrará uma substância na veia para ajudar a diferenciar lesão suspeitas das benignas.

O exame somente não é indicado em casos de claustrofobia, e uso de dispositivos de metal, como implantes metálicos e clips de aneurisma, por exemplo. O procedimento para examinar as mamas deve ser feito a partir dos 40 anos de idade, ou 35 anos, em casos de mulheres que possuem em sua família quadros de câncer de mama.

Arquivo em: — Clínica da Mama @ 24/10/2014, 12:20

MARQUE SUA CONSULTA OU EXAME

Exame de Ressonância Magnética
O câncer de mama é uma doença que infelizmente ainda acomete muitas mulheres do mundo todo. O mês de outubro tem uma importância especial na história da enfermidade, pois é comemorado o Outubro Rosa, um movimento popular conhecido no mundo inteiro que conscientiza as mulheres sobre a importância do diagnóstico precoce da doença.

O tratamento precoce do câncer de mama é muito importante no combate à doença, e por isso deve ser feito exames periodicamente, para a descoberta de algum tipo de problema o quanto antes. Até porque o paciente tem mais chances de cura da enfermidade se o problema for descoberto precocemente.

A ressonância magnética é um destes exames que devem ser feitos para a descoberta precoce do câncer de mama. O procedimento é capaz de combinar campos magnéticos, além de sistemas de computador e ondas de rádio para a obtenção de imagens tridimensionais. Ou seja, este é um exame sem radiação ao compararmos com o procedimento da mamografia.

A RM é recomendada em casos de mulheres que foram operadas de câncer de mama, e em que exista uma suspeita de recidiva, em avaliação de implante de silicone e mulheres com mamas densas na mamografia.

O exame de ressonância magnética é indicado em diversos casos, e seu médico poderá fazer a avaliação para recomendar o melhor procedimento de acordo com seu quadro. Para a realização de exame é preciso que o paciente fique em repouso, sem se mexer por uma média de 30 minutos. O profissional administrará uma substância na veia para ajudar a diferenciar lesão suspeitas das benignas.

O exame somente não é indicado em casos de claustrofobia, e uso de dispositivos de metal, como implantes metálicos e clips de aneurisma, por exemplo. O procedimento para examinar as mamas deve ser feito a partir dos 40 anos de idade, ou 35 anos, em casos de mulheres que possuem em sua família quadros de câncer de mama.

Arquivo em: — Clínica da Mama @ 24/10/2014, 12:20

OUTRAS NOTÍCIAS

MARQUE SUA CONSULTA OU EXAME:

Para Agendar Consultas, Exames e Procedimentos.
(61) 3213 6625