Como se preparar para uma Mamografia – Guia completo passo a passo

O que é o câncer de mama?

O câncer de mama é caracterizado pelo desenvolvimento rápido e desordenado das células. No caso do câncer de mama, quando as células dos lobos mamários, as produtoras de leite ou os ductos por onde ele é drenado adquirem características anormais, o resultado podem ser mutações no material genético das células.

As mutações que apenas fazem com que essas células se dividam e não cheguem a outros tecidos do corpo são chamadas de benignas, mas as que são capazes de alterar o ciclo normal desses organismos causam realmente uma grande preocupação. É justamente por isso que o acompanhamento com o ginecologista é essencial: o câncer de mama é o tipo que mais afeta e mais mata mulheres no Brasil e no mundo.

A doença costuma ser assintomática e no Brasil, diagnosticada geralmente somente no quarto estágio, quando as chances de cura são baixas. Há uma série de exames e práticas que ajudam a detectá-la ainda no estágio inicial e combatê-la o quanto antes, devolvendo a qualidade de vida à paciente. O autoexame da mama, por exemplo, é extremamente importante para a prevenção do câncer de mama e deve ser feito mensalmente pela mulher, após o período menstrual. Ele ajuda a conhecer o próprio corpo e identificar nódulos. É preciso ficar atenta a qualquer alteração fora do comum e informar logo o ginecologista. Quando falamos de exames adicionais, o mais importante e conclusivo quando falamos sobre câncer de mama é a mamografia.

Como funciona a mamografia?

É um exame de imagem que pode ser entendida como um raio x das mamas. Deve ser realizada aos 35 anos e anualmente após os 40. A mamografia possibilita diagnosticar o câncer de mama precocemente. A Clínica da Mama, primeiro e maior centro brasileiro especializado em saúde mamária, conta exames de imagem capazes de realizar um diagnostico rápido e preciso, como a mamografia digital ou a tomossíntese (mamografia 3D). Na mamografia digital, os raios x atravessam a mama e chegam à um detector que os transmite para um computador, gerando imagens de boa qualidade, de alta definição e que permitem visualizar as mínimas alterações. A tomossíntese foi desenvolvida com o objetivo de mitigar os efeitos da sobreposição de tecido mamario denso na mamografia convencional 2D.

A partir do momento em que esses exames são solicitados, a mulher precisa se preparar.

Cuidados antes da mamografia:

Muitas mulheres podem ficar apreensivas com o exame, mas basta seguir algumas instruções simples, que serão dadas antes do procedimento. Ela deve evitar uso de cremes, desodorantes, perfume ou talco sob o braço e nos seios, pois podem dificultar a captação de imagens, por possuírem partículas metálicas ou cálcio, que causaria uma sombra no raio x.

Além disso, durante o primeiro trimestre gestacional, o exame deve ser evitado. É preciso ficar tranquila, pois a mamografia não causa dor, apenas um desconforto ao pressionar as mamas. O exame costuma ser realizado uma semana após a menstruação, quando os seios estão menos sensíveis. Evitar bebidas e alimentos com cafeína, como energéticos, chás e o próprio café alguns dias antes da mamografia é uma boa dica, pois eles são capazes de elevar à sensibilidade dos seios.

Não é necessário ficar em jejum ou interromper o uso de medicamentos. Caso não seja a primeira mamografia, é válido levar os exames antigos para que o médico possa comparar os resultados antigos com os atuais. Além disso, outra dica é usar roupas confortáveis e não colocar muitos acessórios, para facilitar o procedimento durante o exame. É importante também ter uma relação de confiança com o profissional, para relatar possíveis mudanças observadas ao longo dos meses. É recomendado se consultar semestralmente com o ginecologista, dessa forma, ele poderá indicar os exames de rotina e diagnosticar doenças de forma precoce, além de esclarecer possíveis dúvidas sobre os procedimentos.

Após a mamografia, que dura cerca de 15 a 30 minutos, a paciente pode retornar às suas atividades de rotina normalmente, sem maiores preocupações.

Arquivo em: — Clínica da Mama @ 06/12/2017, 15:21

MARQUE SUA CONSULTA OU EXAME

O que é o câncer de mama?

O câncer de mama é caracterizado pelo desenvolvimento rápido e desordenado das células. No caso do câncer de mama, quando as células dos lobos mamários, as produtoras de leite ou os ductos por onde ele é drenado adquirem características anormais, o resultado podem ser mutações no material genético das células.

As mutações que apenas fazem com que essas células se dividam e não cheguem a outros tecidos do corpo são chamadas de benignas, mas as que são capazes de alterar o ciclo normal desses organismos causam realmente uma grande preocupação. É justamente por isso que o acompanhamento com o ginecologista é essencial: o câncer de mama é o tipo que mais afeta e mais mata mulheres no Brasil e no mundo.

A doença costuma ser assintomática e no Brasil, diagnosticada geralmente somente no quarto estágio, quando as chances de cura são baixas. Há uma série de exames e práticas que ajudam a detectá-la ainda no estágio inicial e combatê-la o quanto antes, devolvendo a qualidade de vida à paciente. O autoexame da mama, por exemplo, é extremamente importante para a prevenção do câncer de mama e deve ser feito mensalmente pela mulher, após o período menstrual. Ele ajuda a conhecer o próprio corpo e identificar nódulos. É preciso ficar atenta a qualquer alteração fora do comum e informar logo o ginecologista. Quando falamos de exames adicionais, o mais importante e conclusivo quando falamos sobre câncer de mama é a mamografia.

Como funciona a mamografia?

É um exame de imagem que pode ser entendida como um raio x das mamas. Deve ser realizada aos 35 anos e anualmente após os 40. A mamografia possibilita diagnosticar o câncer de mama precocemente. A Clínica da Mama, primeiro e maior centro brasileiro especializado em saúde mamária, conta exames de imagem capazes de realizar um diagnostico rápido e preciso, como a mamografia digital ou a tomossíntese (mamografia 3D). Na mamografia digital, os raios x atravessam a mama e chegam à um detector que os transmite para um computador, gerando imagens de boa qualidade, de alta definição e que permitem visualizar as mínimas alterações. A tomossíntese foi desenvolvida com o objetivo de mitigar os efeitos da sobreposição de tecido mamario denso na mamografia convencional 2D.

A partir do momento em que esses exames são solicitados, a mulher precisa se preparar.

Cuidados antes da mamografia:

Muitas mulheres podem ficar apreensivas com o exame, mas basta seguir algumas instruções simples, que serão dadas antes do procedimento. Ela deve evitar uso de cremes, desodorantes, perfume ou talco sob o braço e nos seios, pois podem dificultar a captação de imagens, por possuírem partículas metálicas ou cálcio, que causaria uma sombra no raio x.

Além disso, durante o primeiro trimestre gestacional, o exame deve ser evitado. É preciso ficar tranquila, pois a mamografia não causa dor, apenas um desconforto ao pressionar as mamas. O exame costuma ser realizado uma semana após a menstruação, quando os seios estão menos sensíveis. Evitar bebidas e alimentos com cafeína, como energéticos, chás e o próprio café alguns dias antes da mamografia é uma boa dica, pois eles são capazes de elevar à sensibilidade dos seios.

Não é necessário ficar em jejum ou interromper o uso de medicamentos. Caso não seja a primeira mamografia, é válido levar os exames antigos para que o médico possa comparar os resultados antigos com os atuais. Além disso, outra dica é usar roupas confortáveis e não colocar muitos acessórios, para facilitar o procedimento durante o exame. É importante também ter uma relação de confiança com o profissional, para relatar possíveis mudanças observadas ao longo dos meses. É recomendado se consultar semestralmente com o ginecologista, dessa forma, ele poderá indicar os exames de rotina e diagnosticar doenças de forma precoce, além de esclarecer possíveis dúvidas sobre os procedimentos.

Após a mamografia, que dura cerca de 15 a 30 minutos, a paciente pode retornar às suas atividades de rotina normalmente, sem maiores preocupações.

Arquivo em: — Clínica da Mama @ 06/12/2017, 15:21

OUTRAS NOTÍCIAS

MARQUE SUA CONSULTA OU EXAME:

Para Agendar Consultas, Exames e Procedimentos.
(61) 3213 6625