Panorama do câncer de mama

Exame de mamotomia

O câncer de mama é uma doença que em sua grande maioria acomete as mulheres, contudo homens também podem desenvolver. A idade avançada, o prolongado uso dos hormônios femininos, o excesso de peso, se houve casos na família ou, em alguns casos, de mutação genética.

Estão mais propensas a desenvolver a doença pela longa exposição dos hormônios femininos, aquelas mulheres que não tiveram filhos ainda ou as que tiveram o primeiro filho após os 35 anos, aquelas mulheres que não amamentaram, as que precisaram de reposição hormonal, as meninas que menstruaram antes dos 12 anos e entraram mais tarde na menopausa, acima dos 50 anos. Porém, existem casos de mulheres que desenvolvem essa doença sem apresentar nenhum fator de risco identificável.

Sintomas do câncer de mama

Os sintomas podem variar de mulher para mulher. Portanto, fiquem atentas ao seu corpo, façam o auto exame sempre após o término da menstruação e se encontrar alterações do tamanho ou na forma da mama, se o seio apresentar vermelhidão, inchaço, calor ou dor na pele da mama, um nódulo ou caroço, inchaço e nódulos frequentes nas ínguas das axilas, se uma mama está muito maior que a outra, neste caso é bom ressaltar que as mamas são de tamanhos diferentes, contudo não tão desproporcionais, presença de um desnível na mama, como se fosse tivesse um afundamento em uma parte, endurecimento da pele, coceira frequente na mama ou no mamilo, formação de crostas ou feridas na pele junto do mamilo, liberação de líquido pelo mamilo, inversão do mamilo, quando o bico entra para dentro do seio. Enfim, qualquer anormalidade encontrada é sinal de que você precisa visitar o seu médico ginecologista.

Exames para o câncer de mama

O primeiro exame sempre a ser feito é o de toque. No auto exame ou com seu ginecologista apertando e sentindo qualquer nódulo estranho. Segundo é quando detectado qualquer anomalia o médico pede uma mamografia ou ultrassom da mama. Terceiro se realmente achou-se algo na mamografia é hora de fazer uma biópsia para ter certeza que o nódulo é maligno.

Tratamento do câncer de mama

Após esses procedimentos é necessário que se faça alguns tratamentos como a quimioterapia, radioterapia e, nos casos mais graves, a retirada da mama e os tratamentos com quimio para ter a certeza que não terá nenhum regresso.

Arquivo em: — Clínica da Mama @ 20/03/2015, 10:00

MARQUE SUA CONSULTA OU EXAME

Exame de mamotomia

O câncer de mama é uma doença que em sua grande maioria acomete as mulheres, contudo homens também podem desenvolver. A idade avançada, o prolongado uso dos hormônios femininos, o excesso de peso, se houve casos na família ou, em alguns casos, de mutação genética.

Estão mais propensas a desenvolver a doença pela longa exposição dos hormônios femininos, aquelas mulheres que não tiveram filhos ainda ou as que tiveram o primeiro filho após os 35 anos, aquelas mulheres que não amamentaram, as que precisaram de reposição hormonal, as meninas que menstruaram antes dos 12 anos e entraram mais tarde na menopausa, acima dos 50 anos. Porém, existem casos de mulheres que desenvolvem essa doença sem apresentar nenhum fator de risco identificável.

Sintomas do câncer de mama

Os sintomas podem variar de mulher para mulher. Portanto, fiquem atentas ao seu corpo, façam o auto exame sempre após o término da menstruação e se encontrar alterações do tamanho ou na forma da mama, se o seio apresentar vermelhidão, inchaço, calor ou dor na pele da mama, um nódulo ou caroço, inchaço e nódulos frequentes nas ínguas das axilas, se uma mama está muito maior que a outra, neste caso é bom ressaltar que as mamas são de tamanhos diferentes, contudo não tão desproporcionais, presença de um desnível na mama, como se fosse tivesse um afundamento em uma parte, endurecimento da pele, coceira frequente na mama ou no mamilo, formação de crostas ou feridas na pele junto do mamilo, liberação de líquido pelo mamilo, inversão do mamilo, quando o bico entra para dentro do seio. Enfim, qualquer anormalidade encontrada é sinal de que você precisa visitar o seu médico ginecologista.

Exames para o câncer de mama

O primeiro exame sempre a ser feito é o de toque. No auto exame ou com seu ginecologista apertando e sentindo qualquer nódulo estranho. Segundo é quando detectado qualquer anomalia o médico pede uma mamografia ou ultrassom da mama. Terceiro se realmente achou-se algo na mamografia é hora de fazer uma biópsia para ter certeza que o nódulo é maligno.

Tratamento do câncer de mama

Após esses procedimentos é necessário que se faça alguns tratamentos como a quimioterapia, radioterapia e, nos casos mais graves, a retirada da mama e os tratamentos com quimio para ter a certeza que não terá nenhum regresso.

Arquivo em: — Clínica da Mama @ 20/03/2015, 10:00

OUTRAS NOTÍCIAS

MARQUE SUA CONSULTA OU EXAME:

Para Agendar Consultas, Exames e Procedimentos.
(61) 3213 6625