O exame de biópsia da mama dá medo?

O exame de biópsia da mama dá medo?

A biópsia da mama é importante para o diagnóstico do câncer de mama. O objetivo é colher uma pequena quantidade de tecido da mama para ser avaliada por um médico especialista. Assim, se existirem células cancerosas, será identificado qual é o tipo e também fornecerá informações precisas sobre o grau de comprometimento causado pela doença.

Vale ressaltar que o exame ajuda na detecção precoce do câncer da mama, quando então as chances de recuperação são bem maiores.

Muitas mulheres têm medo de fazer o exame de biópsia da mama, apesar de ser um procedimento simples.

Existem vários tipos de biópsias, a biópsia de aspiração por agulha fina, biópsia de aspiração por agulha grossa, biópsia estereotáxica de aspiração por agulha grossa, biópsia de aspiração vácuo-assistida e biópsia cirúrgica.

Realmente, pelos nomes já se percebe que não são muito confortáveis, mas é preciso encará-los. Se serve de consolo, o exame não causa dor, pois é utilizada a anestesia local.

Geralmente, a biópsia só é solicitada depois de o médico checar os resultados da mamografia e ultrassonografia da mama ou caso tenha sido encontrado algum nódulo durante o exame físico. O médico também pode solicitar a realização do exame caso haja algum sintoma de tumor de mama, como secreções sanguinolentas nos mamilos, formação de crostas, repuxamento da pele ou formação de escamas.

Existem prós e contras para cada tipo de biópsia da mama e a escolha da melhor biópsia para a paciente depende de alguns fatores, como a forma do tumor, tamanho, onde se encontra, o número de tumores, entre outros que serão avaliados cuidadosamente pelo médico. O especialista orientará quanto aos cuidados necessários após a biópsia da mama, para diminuir os riscos de efeitos colaterais.

O exame de biópsia da mama é um procedimento cirúrgico e envolve possíveis efeitos colaterais, como:

  • Alteração do aspecto da mama;
  • Hematoma e inchaço da mama
  • Dor no local da injeção;
  • Infecção no local da biopsia, causando febre, dor, inchaço e vermelhidão no local.

Nem todo nódulo mamário é canceroso. De acordo com as estatísticas, apenas um em cada cinco nódulos são malignos. A biópsia da mama irá ajudar a esclarecer essa dúvida.

Arquivo em: — Clínica da Mama @ 20/04/2017, 12:00

MARQUE SUA CONSULTA OU EXAME

O exame de biópsia da mama dá medo?

A biópsia da mama é importante para o diagnóstico do câncer de mama. O objetivo é colher uma pequena quantidade de tecido da mama para ser avaliada por um médico especialista. Assim, se existirem células cancerosas, será identificado qual é o tipo e também fornecerá informações precisas sobre o grau de comprometimento causado pela doença.

Vale ressaltar que o exame ajuda na detecção precoce do câncer da mama, quando então as chances de recuperação são bem maiores.

Muitas mulheres têm medo de fazer o exame de biópsia da mama, apesar de ser um procedimento simples.

Existem vários tipos de biópsias, a biópsia de aspiração por agulha fina, biópsia de aspiração por agulha grossa, biópsia estereotáxica de aspiração por agulha grossa, biópsia de aspiração vácuo-assistida e biópsia cirúrgica.

Realmente, pelos nomes já se percebe que não são muito confortáveis, mas é preciso encará-los. Se serve de consolo, o exame não causa dor, pois é utilizada a anestesia local.

Geralmente, a biópsia só é solicitada depois de o médico checar os resultados da mamografia e ultrassonografia da mama ou caso tenha sido encontrado algum nódulo durante o exame físico. O médico também pode solicitar a realização do exame caso haja algum sintoma de tumor de mama, como secreções sanguinolentas nos mamilos, formação de crostas, repuxamento da pele ou formação de escamas.

Existem prós e contras para cada tipo de biópsia da mama e a escolha da melhor biópsia para a paciente depende de alguns fatores, como a forma do tumor, tamanho, onde se encontra, o número de tumores, entre outros que serão avaliados cuidadosamente pelo médico. O especialista orientará quanto aos cuidados necessários após a biópsia da mama, para diminuir os riscos de efeitos colaterais.

O exame de biópsia da mama é um procedimento cirúrgico e envolve possíveis efeitos colaterais, como:

  • Alteração do aspecto da mama;
  • Hematoma e inchaço da mama
  • Dor no local da injeção;
  • Infecção no local da biopsia, causando febre, dor, inchaço e vermelhidão no local.

Nem todo nódulo mamário é canceroso. De acordo com as estatísticas, apenas um em cada cinco nódulos são malignos. A biópsia da mama irá ajudar a esclarecer essa dúvida.

Arquivo em: — Clínica da Mama @ 20/04/2017, 12:00

OUTRAS NOTÍCIAS

MARQUE SUA CONSULTA OU EXAME:

Para Agendar Consultas, Exames e Procedimentos.
(61) 3213 6625