Confira a importância da tomossíntese para pacientes com câncer de mama

Desde a sua primeira utilização, o exame de mamografia tem se tornado um processo cada vez mais moderno e preciso para o diagnóstico precoce do câncer de mama. Saiba que a tomossíntese surgiu de um progresso da mamografia digital e é realizada através de diversas imagens bidimensionais que se agrupam de forma digital para a obtenção de fotos em 3D da mama do paciente.

O exame de tomossíntese, diversas imagens finas são obtidas, para a devida análise em uma estação de trabalho com aparelhos de altíssima resolução. Com duração curta do exame e sem muitos incômodos, o processo é feito com a mama comprimida, da mesma forma como a mamografia convencional.

Importância do Exame de Tomossintese

Vale citar que a tomossíntese mamária diminui ou elimina os resultados falso-positivos do exame, e dessa maneira, o processo tem o potencial de reduzir os índices de retorno para complementações para novos resultados, além de diminuir consideravelmente a quantidade de biópsias, o que é cômodo para o paciente, que não precisará se submeter a diversos exames exaustivos.

Saiba que a tomossíntese é considerada como um processo em constante evolução, e não é indicada como um substituto dos exames de diagnóstico por imagens tradicionais, sendo que a mamografia no rastreamento da doença, quando recomendada, deve ser efetuada junto com a mamografia.

É muito importante que as mulheres façam exames regularmente junto com seu médico, para que se ocorrer alguma incidência do câncer de mama, o tratamento adequado ao caso seja realizado o quanto antes, para a eliminação do câncer, já que se detectado logo no início, maiores serão as chances de cura do paciente com a enfermidade. Faça exames da mama ao menos uma vez por ano, pois se o médico detectar algo suspeito poderá solicitar outros procedimentos, e se for o caso, iniciar o quanto antes o tratamento da doença.

Arquivo em: — Clínica da Mama @ 10/12/2014, 13:59

MARQUE SUA CONSULTA OU EXAME

Desde a sua primeira utilização, o exame de mamografia tem se tornado um processo cada vez mais moderno e preciso para o diagnóstico precoce do câncer de mama. Saiba que a tomossíntese surgiu de um progresso da mamografia digital e é realizada através de diversas imagens bidimensionais que se agrupam de forma digital para a obtenção de fotos em 3D da mama do paciente.

O exame de tomossíntese, diversas imagens finas são obtidas, para a devida análise em uma estação de trabalho com aparelhos de altíssima resolução. Com duração curta do exame e sem muitos incômodos, o processo é feito com a mama comprimida, da mesma forma como a mamografia convencional.

Importância do Exame de Tomossintese

Vale citar que a tomossíntese mamária diminui ou elimina os resultados falso-positivos do exame, e dessa maneira, o processo tem o potencial de reduzir os índices de retorno para complementações para novos resultados, além de diminuir consideravelmente a quantidade de biópsias, o que é cômodo para o paciente, que não precisará se submeter a diversos exames exaustivos.

Saiba que a tomossíntese é considerada como um processo em constante evolução, e não é indicada como um substituto dos exames de diagnóstico por imagens tradicionais, sendo que a mamografia no rastreamento da doença, quando recomendada, deve ser efetuada junto com a mamografia.

É muito importante que as mulheres façam exames regularmente junto com seu médico, para que se ocorrer alguma incidência do câncer de mama, o tratamento adequado ao caso seja realizado o quanto antes, para a eliminação do câncer, já que se detectado logo no início, maiores serão as chances de cura do paciente com a enfermidade. Faça exames da mama ao menos uma vez por ano, pois se o médico detectar algo suspeito poderá solicitar outros procedimentos, e se for o caso, iniciar o quanto antes o tratamento da doença.

Arquivo em: — Clínica da Mama @ 10/12/2014, 13:59

OUTRAS NOTÍCIAS

MARQUE SUA CONSULTA OU EXAME:

Para Agendar Consultas, Exames e Procedimentos.
(61) 3213 6625