Como os alimentos podem ajudar na prevenção do câncer de mama?

Como os alimentos podem ajudar na prevenção do câncer de mama?

Atualmente cerca de um milhão de mulheres são diagnosticadas com câncer de mama. Contudo muitas pesquisas são realizadas com o objetivo de identificar os fatores de risco para o desenvolvimento da doença. Alguns não são modificáveis, como por exemplo, a idade, a genética, a raça e o histórico familiar. Por isso, é imprescindível que a mulher faça os exames de rotina anualmente com o ginecologista.

Manter uma dieta equilibrada, praticar exercícios físicos e relaxar são ações que todos precisam ter para que a saúde fique em ordem. Algumas pesquisas apontam que a diminuição na ingestão de gorduras e de carnes vermelhas, seguido do aumento no consumo de frutas e hortaliças, propiciam a redução nos riscos de desenvolver o câncer de mama.

Alimentos que não são indicados

Alguns alimentos devem ser banidos da dieta, como por exemplo, gorduras e carnes vermelhas. Pesquisas científicas ligam o consumo excessivo de gorduras com o aumento dos índices de câncer de mama, especialmente na pós-menopausa. Por isso, quanto menos gorduras melhor.

Para a carne vermelha, ainda não foi possível fazer uma conexão como as gorduras, contudo sendo um alimento rico em gordura, contribui para o aumento de peso e gerando riscos.

Alimentos indicados para a prevenção do câncer de mama

Ter uma dieta rica em frutas vegetais está sempre associada à boa saúde. Como o consumo dos nutrientes das hortaliças e das frutas que possuem quantidades de antioxidantes que fazem bem para o corpo, contribuindo na proteção do organismo contra os danos que são causados pelo estresse e auxiliando na redução do risco de adquirir câncer de forma geral.

Além disso, estes dois grupos de alimentos, fornecem quantidades menores de calorias e maiores quantidades de fibras que auxiliam na manutenção de peso saudável. Contribuindo na redução do risco de desenvolver o câncer de mama.

A Sociedade Americana de Câncer recomenda ingerir cinco porções de frutas e hortaliças por dia, que nessas porções tenha brócolis, repolho, couve, couve-flor, couve de Bruxelas, vegetais de folhas verde-escuras, feijões, germe de trigo, peixes e fibras como as encontradas nos grãos integrais, podem reduzir o risco do desenvolvimento da doença. Para ajudar na alimentação, também evite ingerir álcool que contribui no crescimento de risco de adquirir diversas doenças.

Arquivo em: — Clínica da Mama @ 07/08/2015, 20:36

MARQUE SUA CONSULTA OU EXAME

Como os alimentos podem ajudar na prevenção do câncer de mama?

Atualmente cerca de um milhão de mulheres são diagnosticadas com câncer de mama. Contudo muitas pesquisas são realizadas com o objetivo de identificar os fatores de risco para o desenvolvimento da doença. Alguns não são modificáveis, como por exemplo, a idade, a genética, a raça e o histórico familiar. Por isso, é imprescindível que a mulher faça os exames de rotina anualmente com o ginecologista.

Manter uma dieta equilibrada, praticar exercícios físicos e relaxar são ações que todos precisam ter para que a saúde fique em ordem. Algumas pesquisas apontam que a diminuição na ingestão de gorduras e de carnes vermelhas, seguido do aumento no consumo de frutas e hortaliças, propiciam a redução nos riscos de desenvolver o câncer de mama.

Alimentos que não são indicados

Alguns alimentos devem ser banidos da dieta, como por exemplo, gorduras e carnes vermelhas. Pesquisas científicas ligam o consumo excessivo de gorduras com o aumento dos índices de câncer de mama, especialmente na pós-menopausa. Por isso, quanto menos gorduras melhor.

Para a carne vermelha, ainda não foi possível fazer uma conexão como as gorduras, contudo sendo um alimento rico em gordura, contribui para o aumento de peso e gerando riscos.

Alimentos indicados para a prevenção do câncer de mama

Ter uma dieta rica em frutas vegetais está sempre associada à boa saúde. Como o consumo dos nutrientes das hortaliças e das frutas que possuem quantidades de antioxidantes que fazem bem para o corpo, contribuindo na proteção do organismo contra os danos que são causados pelo estresse e auxiliando na redução do risco de adquirir câncer de forma geral.

Além disso, estes dois grupos de alimentos, fornecem quantidades menores de calorias e maiores quantidades de fibras que auxiliam na manutenção de peso saudável. Contribuindo na redução do risco de desenvolver o câncer de mama.

A Sociedade Americana de Câncer recomenda ingerir cinco porções de frutas e hortaliças por dia, que nessas porções tenha brócolis, repolho, couve, couve-flor, couve de Bruxelas, vegetais de folhas verde-escuras, feijões, germe de trigo, peixes e fibras como as encontradas nos grãos integrais, podem reduzir o risco do desenvolvimento da doença. Para ajudar na alimentação, também evite ingerir álcool que contribui no crescimento de risco de adquirir diversas doenças.

Arquivo em: — Clínica da Mama @ 07/08/2015, 20:36

OUTRAS NOTÍCIAS

MARQUE SUA CONSULTA OU EXAME:

Para Agendar Consultas, Exames e Procedimentos.
(61) 3213 6625