Causas e tratamentos para o HPV

O HPV é o nome que se dá a um grupo de mais de 150 vírus “papiloma vírus humano” que atinge a pele e as mucosas, provocando verrugas na pele, nas regiões oral, anal, genital e na uretra, podendo ser percussor até mesmo de alguns tipos de câncer, como câncer de garganta, de ânus e de colo de útero. Sua contaminação é considerada uma doença sexualmente transmissível que pode atingir até 10% da população, porém, é importante ressaltar que praticamente todas as pessoas conseguem eliminar o vírus naturalmente, sem que se desenvolva lesões.

Quais são as causas do HPV?

A transmissão do HPV se dá basicamente pelo contato pele com pele e praticamente todas as contaminações ocorrem através da relação sexual, sem que necessariamente haja troca de fluidos e, por isso, outras formas menos comuns de transmissão dizem respeito ao contato com verrugas, compartilhamento de roupas íntimas e toalhas e a chamada transmissão vertical, que é da mãe para o feto, que pode ocorrer durante o parto.

A transmissão do vírus pode ser completamente silenciosa, isto é, a pessoa não manifestar e perceber sintoma algum. Normalmente os sintomas manifestam-se apenas entre dois e oito meses após a infecção, pode ficar inclusive encubado no organismo por até 20 anos, sendo, portanto, uma doença de difícil diagnóstico.

Existem alguns fatores de risco que aumentam a possibilidade de a pessoa contrair o vírus, que são: relação sexual sem proteção; vida sexual precoce; múltiplos parceiros; queda do sistema imunológico; presença de outras DSTs e a falta de exames de rotina.

Quais são os tratamentos para HPV?

Principalmente por conta da dificuldade de diagnóstico, é ainda mais importante que as pessoas façam exames de rotina com um médico. Existem diversas formas de tratamento do HPV que são prescritas de acordo com o tipo de manifestação do vírus (lesão ou verruga), seu grau e localização. As formas mais comuns de tratamento são através de cremes e ácidos imunoterápicos aplicados na região afetada ou até mesmo pela retirada de verrugas por lasers.

O tratamento do HPV é realizado de acordo com seus sintomas. O combate ao vírus se dá pelo próprio sistema imunológico, que deve ser reforçado no indivíduo.

Arquivo em: — Clínica da Mama @ 04/11/2016, 14:09

MARQUE SUA CONSULTA OU EXAME

O HPV é o nome que se dá a um grupo de mais de 150 vírus “papiloma vírus humano” que atinge a pele e as mucosas, provocando verrugas na pele, nas regiões oral, anal, genital e na uretra, podendo ser percussor até mesmo de alguns tipos de câncer, como câncer de garganta, de ânus e de colo de útero. Sua contaminação é considerada uma doença sexualmente transmissível que pode atingir até 10% da população, porém, é importante ressaltar que praticamente todas as pessoas conseguem eliminar o vírus naturalmente, sem que se desenvolva lesões.

Quais são as causas do HPV?

A transmissão do HPV se dá basicamente pelo contato pele com pele e praticamente todas as contaminações ocorrem através da relação sexual, sem que necessariamente haja troca de fluidos e, por isso, outras formas menos comuns de transmissão dizem respeito ao contato com verrugas, compartilhamento de roupas íntimas e toalhas e a chamada transmissão vertical, que é da mãe para o feto, que pode ocorrer durante o parto.

A transmissão do vírus pode ser completamente silenciosa, isto é, a pessoa não manifestar e perceber sintoma algum. Normalmente os sintomas manifestam-se apenas entre dois e oito meses após a infecção, pode ficar inclusive encubado no organismo por até 20 anos, sendo, portanto, uma doença de difícil diagnóstico.

Existem alguns fatores de risco que aumentam a possibilidade de a pessoa contrair o vírus, que são: relação sexual sem proteção; vida sexual precoce; múltiplos parceiros; queda do sistema imunológico; presença de outras DSTs e a falta de exames de rotina.

Quais são os tratamentos para HPV?

Principalmente por conta da dificuldade de diagnóstico, é ainda mais importante que as pessoas façam exames de rotina com um médico. Existem diversas formas de tratamento do HPV que são prescritas de acordo com o tipo de manifestação do vírus (lesão ou verruga), seu grau e localização. As formas mais comuns de tratamento são através de cremes e ácidos imunoterápicos aplicados na região afetada ou até mesmo pela retirada de verrugas por lasers.

O tratamento do HPV é realizado de acordo com seus sintomas. O combate ao vírus se dá pelo próprio sistema imunológico, que deve ser reforçado no indivíduo.

Arquivo em: — Clínica da Mama @ 04/11/2016, 14:09

OUTRAS NOTÍCIAS

MARQUE SUA CONSULTA OU EXAME:

Para Agendar Consultas, Exames e Procedimentos.
(61) 3213 6625