Angiologia trata do quê?

Angiologia trata do quê?

A angiologia é a especialidade médica que estuda as patologias relativas à circulação nas artérias, vasos linfáticos e veias. O especialista em angiologia ainda não possui reconhecimento nacional com uma especialidade em si, estando unificada ao segmento da cirurgia vascular.

O médico angiologista atua na assistência de doenças que não precisam ser submetidas a procedimentos cirúrgicos, embora sua atuação esteja intimamente ligada às responsabilidades delegadas à cirurgia vascular. No país, há normalmente uma vinculação da angiologia ao tratamento de varizes.

Entretanto, a função deste especialista cobre uma variedade de frentes. Dentre elas, estão o diagnóstico de doenças vasculares, a prevenção de ulcerações em membros acometidos por tromboses, prevenção e tratamento de linfoedemas (acumulação de linfa nos tecidos do corpo), embolia pulmonar, úlceras de estase em pacientes acometidos por problemas de insuficiência renal crônica e prevenção de amputações em pacientes portadores de aterosclerose (acúmulo de gorduras, colesterol e outras substâncias nas paredes das artérias). Sua função é basicamente atuar nos estágios inicias das doenças vasculares, prevenindo traumas de maior gravidade que possam levar o paciente a procedimentos cirúrgicos.

Em outros termos, o angiologista atuaria antecipando ao paciente os eventuais riscos do desenvolvimento de patologias, oferecendo-lhe um estudo clínico, terapias de prevenção, uso de medicamentos e realização de exames destinados a controlar o agravamento de patologias.

Qual a importância da angiologia?

O especialista em angiologia utiliza uma grande gama de métodos e técnicas de diagnóstico para tratamento das patologias. Dentre eles estão o eco doppler, a angiografia, fluxometria ultrassônica, laser doppler, capilaroscopia e esteira ergométrica.

A importância do especialista em angiologia é fundamental para erradicação de patologias, pois parte de sua função encontra-se no estudo clínico do quadro do paciente e nas recomendações que podem favorecer a melhoria de seu estado de saúde. Mais do que um especialista voltado a uma especialidade destinada aos cuidados relativos à estética, o angiologista também se ocupa da análise de casos relativos à traumas vasculares, linfagites, aneurismas arteriais, vasculites, tromboses profundas, dentre outros patologias relacionadas a artérias, veias e vasos sanguíneos.

A angiologia ainda é uma especialidade médica pouco conhecida, mas é sua importância tem sido fundamental para reduzir quadros de óbitos entre pacientes acometidos por patologias, pois ao encarregar-se do estudo, diagnóstico e tratamento clínico o angiologista pode prevenir a incidência de óbitos, o percentual de amputações em pacientes que sofrem de problemas diabéticos, a reincidência de casos de trombose e uma infinidades de problemas relativos ao sistema circulatório.

Arquivo em: — Clínica da Mama @ 04/05/2017, 17:28

MARQUE SUA CONSULTA OU EXAME

Angiologia trata do quê?

A angiologia é a especialidade médica que estuda as patologias relativas à circulação nas artérias, vasos linfáticos e veias. O especialista em angiologia ainda não possui reconhecimento nacional com uma especialidade em si, estando unificada ao segmento da cirurgia vascular.

O médico angiologista atua na assistência de doenças que não precisam ser submetidas a procedimentos cirúrgicos, embora sua atuação esteja intimamente ligada às responsabilidades delegadas à cirurgia vascular. No país, há normalmente uma vinculação da angiologia ao tratamento de varizes.

Entretanto, a função deste especialista cobre uma variedade de frentes. Dentre elas, estão o diagnóstico de doenças vasculares, a prevenção de ulcerações em membros acometidos por tromboses, prevenção e tratamento de linfoedemas (acumulação de linfa nos tecidos do corpo), embolia pulmonar, úlceras de estase em pacientes acometidos por problemas de insuficiência renal crônica e prevenção de amputações em pacientes portadores de aterosclerose (acúmulo de gorduras, colesterol e outras substâncias nas paredes das artérias). Sua função é basicamente atuar nos estágios inicias das doenças vasculares, prevenindo traumas de maior gravidade que possam levar o paciente a procedimentos cirúrgicos.

Em outros termos, o angiologista atuaria antecipando ao paciente os eventuais riscos do desenvolvimento de patologias, oferecendo-lhe um estudo clínico, terapias de prevenção, uso de medicamentos e realização de exames destinados a controlar o agravamento de patologias.

Qual a importância da angiologia?

O especialista em angiologia utiliza uma grande gama de métodos e técnicas de diagnóstico para tratamento das patologias. Dentre eles estão o eco doppler, a angiografia, fluxometria ultrassônica, laser doppler, capilaroscopia e esteira ergométrica.

A importância do especialista em angiologia é fundamental para erradicação de patologias, pois parte de sua função encontra-se no estudo clínico do quadro do paciente e nas recomendações que podem favorecer a melhoria de seu estado de saúde. Mais do que um especialista voltado a uma especialidade destinada aos cuidados relativos à estética, o angiologista também se ocupa da análise de casos relativos à traumas vasculares, linfagites, aneurismas arteriais, vasculites, tromboses profundas, dentre outros patologias relacionadas a artérias, veias e vasos sanguíneos.

A angiologia ainda é uma especialidade médica pouco conhecida, mas é sua importância tem sido fundamental para reduzir quadros de óbitos entre pacientes acometidos por patologias, pois ao encarregar-se do estudo, diagnóstico e tratamento clínico o angiologista pode prevenir a incidência de óbitos, o percentual de amputações em pacientes que sofrem de problemas diabéticos, a reincidência de casos de trombose e uma infinidades de problemas relativos ao sistema circulatório.

Arquivo em: — Clínica da Mama @ 04/05/2017, 17:28

OUTRAS NOTÍCIAS

MARQUE SUA CONSULTA OU EXAME:

Para Agendar Consultas, Exames e Procedimentos.
(61) 3213 6625