3 Hábitos que ajudam a prevenir câncer de mama

Recebendo prognóstico de câncer de mama

Estudo realizado pela equipe médica do Hospital do Câncer de Barretos (SP) durante 14 anos revelou que a taxa de mortalidade entre mulheres por câncer de mama e por câncer de colo de útero caiu, respetivamente, 42,85% e 34,88%.
Os dados refletem a importância de um diagnóstico precoce através de exames preventivos. Ou seja, quanto mais cedo se identifica a doença, mais chances de cura tem a paciente. A prevenção do câncer de mama continua sendo a chave para que a doença não se desenvolva.

Pensando nisso, levantamos 3 hábitos que ajudam a prevenir o câncer de mama. Continue a leitura e fique atento aos detalhes!

Exercite-se com frequência

Realizar exercícios físicos periodicamente, além de diminuir o estresse e ajudar no controle de peso, é um fator direto na prevenção do desenvolvimento de câncer de mama. Segundo estudo publicado no Journal the National Cancer Institute, adolescentes que mantêm uma rotina de exercícios contínuos diminuem as chances de sofrer de câncer de mama na fase adulta em até 23%

A prática de exercícios físicos, principalmente a caminhada e especialmente no período pós-menopausa, ajuda a prevenir o aparecimento de câncer de mama. Em geral, a incidência de câncer está ligada ao sedentarismo. Por isso, atividades físicas e perda de peso são fundamentais para a saúde da mulher.

Vale destacar que quanto maior o peso e a idade, maiores as chances de a mulher desenvolver o câncer de mama, principalmente após a menopausa. Os exercícios físicos são capazes de reduzir os níveis de estrogênio, hormônio relacionado ao risco de desenvolvimento do câncer.

Fique de olho no histórico familiar

Exames periódicos e mamografias anuais são imprescindíveis para prevenir o aparecimento e o risco de câncer de mama. O recomendado é que mulheres após os 50 anos mantenham consultas e exames periódicos, mas para quem tem histórico familiar de câncer de mama, o exame deve começar mais cedo.

Por exemplo, se um parente teve câncer de mama aos 40, é preciso começar a fazer mamografias a partir dos 30. Quanto mais cedo o acompanhamento e realização dos exames preventivos, mais chances de reduzir os riscos e eliminar quaisquer problemas decorrentes.

Fique longe do álcool

O consumo de álcool é um dos responsáveis pelo aumento das chances de câncer de mama. Apesar de ainda não serem conhecidos os mecanismos de ação pelo qual o consumo de álcool influencia no aparecimento do câncer de mama, sabe-se que o consumo de bebida alcoólica acaba atuando em conjunto com o estrógeno, hormônio fortemente associado ao câncer de mama.

Arquivo em: — Clínica da Mama @ 04/08/2017, 21:20

MARQUE SUA CONSULTA OU EXAME

Recebendo prognóstico de câncer de mama

Estudo realizado pela equipe médica do Hospital do Câncer de Barretos (SP) durante 14 anos revelou que a taxa de mortalidade entre mulheres por câncer de mama e por câncer de colo de útero caiu, respetivamente, 42,85% e 34,88%.
Os dados refletem a importância de um diagnóstico precoce através de exames preventivos. Ou seja, quanto mais cedo se identifica a doença, mais chances de cura tem a paciente. A prevenção do câncer de mama continua sendo a chave para que a doença não se desenvolva.

Pensando nisso, levantamos 3 hábitos que ajudam a prevenir o câncer de mama. Continue a leitura e fique atento aos detalhes!

Exercite-se com frequência

Realizar exercícios físicos periodicamente, além de diminuir o estresse e ajudar no controle de peso, é um fator direto na prevenção do desenvolvimento de câncer de mama. Segundo estudo publicado no Journal the National Cancer Institute, adolescentes que mantêm uma rotina de exercícios contínuos diminuem as chances de sofrer de câncer de mama na fase adulta em até 23%

A prática de exercícios físicos, principalmente a caminhada e especialmente no período pós-menopausa, ajuda a prevenir o aparecimento de câncer de mama. Em geral, a incidência de câncer está ligada ao sedentarismo. Por isso, atividades físicas e perda de peso são fundamentais para a saúde da mulher.

Vale destacar que quanto maior o peso e a idade, maiores as chances de a mulher desenvolver o câncer de mama, principalmente após a menopausa. Os exercícios físicos são capazes de reduzir os níveis de estrogênio, hormônio relacionado ao risco de desenvolvimento do câncer.

Fique de olho no histórico familiar

Exames periódicos e mamografias anuais são imprescindíveis para prevenir o aparecimento e o risco de câncer de mama. O recomendado é que mulheres após os 50 anos mantenham consultas e exames periódicos, mas para quem tem histórico familiar de câncer de mama, o exame deve começar mais cedo.

Por exemplo, se um parente teve câncer de mama aos 40, é preciso começar a fazer mamografias a partir dos 30. Quanto mais cedo o acompanhamento e realização dos exames preventivos, mais chances de reduzir os riscos e eliminar quaisquer problemas decorrentes.

Fique longe do álcool

O consumo de álcool é um dos responsáveis pelo aumento das chances de câncer de mama. Apesar de ainda não serem conhecidos os mecanismos de ação pelo qual o consumo de álcool influencia no aparecimento do câncer de mama, sabe-se que o consumo de bebida alcoólica acaba atuando em conjunto com o estrógeno, hormônio fortemente associado ao câncer de mama.

Arquivo em: — Clínica da Mama @ 04/08/2017, 21:20

OUTRAS NOTÍCIAS

MARQUE SUA CONSULTA OU EXAME:

Para Agendar Consultas, Exames e Procedimentos.
(61) 3213 6625