10 Perguntas e Respostas Sobre a Tomossíntese

10 Perguntas e Respostas Sobre a Tomossíntese

A mamografia tomográfica, também conhecida como Tomossíntese, é um dos grandes avanços na detecção precoce do câncer de mama.

Saiba mais detalhes sobre esse novo exame:

1- Como é feito o procedimento da Tomossíntese?

Na tomossíntese, o aparelho que gera as imagens é similar a um mamógrafo comum, porém com uma tecnologia nova, que gera imagens bidimensionais (2D) da mama quando elas são comprimidas durante o exame.

No interior da mama, os objetos irão se projetar em diferentes lugares e de diversos ângulos. Com o auxílio do computador, a imagem da mama completa é reconstruída em fatias de 1 mm de espessura, o que permite detalhar o diagnóstico e obter uma imagem 3D.

2- Quais as vantagens da Tomossíntese?

Uma das vantagens é a superexposição de diversos ângulos da mama, criando imagens que simulam lesões que possam estar relacionadas com o câncer. Na tomossíntese, cada imagem fatiada é uma imagem real de 1 mm da mama, o que elimina a sobreposição dos tecidos, havendo uma definição mais nítida das bordas e lesões, o que é fundamental para o diagnóstico de tumor benigno ou maligno.

3- Este método reduz a quantidade de biópsias?

Sim, pois é um método mais sensível, com alto índice de detecção de câncer, com menos falsos positivos, possibilitando ainda a detecção de tumores menores. As imagens são mais realistas, diminuindo o número de biópsias.

4- A Tomossíntese melhora a precisão do diagnóstico?

Certamente. Em conjunto com a tomografia convencional, este exame detecta com cerca de 12% de precisão o câncer de mama, se comparado com a mamografia simples, isolada.

5- É difícil fazer o diagnóstico de um câncer de mama?

Sim, pois como há diversos tipos diferentes de câncer de mama, ele pode surgir de diversas formas. Alguns surgem como calcificações, outros como nódulos e outros como infiltrações no tecido mamário, o que é ainda mais difícil de ser diagnosticado. Alguns até mesmo têm características de tumores benignos. Todos os métodos de imagem podem encontrar lesões, mas somente a biópsia dá o resultado final de diagnóstico.

6- Este exame é necessário?

Sim. Com as dimensões reduzidas no exame, há maiores chances de uma detecção mais precisa do câncer de mama.

7- Esse exame é um substituto da mamografia?

A Tomossíntese é usada em conjunto com a mamografia, pois desta forma tem-se detectado mais cânceres sem os falsos positivos.

8- A Tomossíntese é um método indolor?

No exame de Tomossíntese, a compressão da mama é menor, causando menos desconforto. Mas na forma combinada, a compressão da mama é a mesma da tomografia, o que é suportável para a maioria das pacientes.

 9- Será preciso algum tipo de treinamento extra para operar a máquina?

Os médicos precisarão de algum treinamento de curto período para poder adaptar-se ao equipamento. A prévia experiência com diagnósticos 3D é uma vantagem.

10 – Qual a desvantagem da Tomossíntese?

A Tomossíntese emite mais radiação do que um mamógrafo digital.

Arquivo em: — Clínica da Mama @ 03/03/2017, 14:12

MARQUE SUA CONSULTA OU EXAME

10 Perguntas e Respostas Sobre a Tomossíntese

A mamografia tomográfica, também conhecida como Tomossíntese, é um dos grandes avanços na detecção precoce do câncer de mama.

Saiba mais detalhes sobre esse novo exame:

1- Como é feito o procedimento da Tomossíntese?

Na tomossíntese, o aparelho que gera as imagens é similar a um mamógrafo comum, porém com uma tecnologia nova, que gera imagens bidimensionais (2D) da mama quando elas são comprimidas durante o exame.

No interior da mama, os objetos irão se projetar em diferentes lugares e de diversos ângulos. Com o auxílio do computador, a imagem da mama completa é reconstruída em fatias de 1 mm de espessura, o que permite detalhar o diagnóstico e obter uma imagem 3D.

2- Quais as vantagens da Tomossíntese?

Uma das vantagens é a superexposição de diversos ângulos da mama, criando imagens que simulam lesões que possam estar relacionadas com o câncer. Na tomossíntese, cada imagem fatiada é uma imagem real de 1 mm da mama, o que elimina a sobreposição dos tecidos, havendo uma definição mais nítida das bordas e lesões, o que é fundamental para o diagnóstico de tumor benigno ou maligno.

3- Este método reduz a quantidade de biópsias?

Sim, pois é um método mais sensível, com alto índice de detecção de câncer, com menos falsos positivos, possibilitando ainda a detecção de tumores menores. As imagens são mais realistas, diminuindo o número de biópsias.

4- A Tomossíntese melhora a precisão do diagnóstico?

Certamente. Em conjunto com a tomografia convencional, este exame detecta com cerca de 12% de precisão o câncer de mama, se comparado com a mamografia simples, isolada.

5- É difícil fazer o diagnóstico de um câncer de mama?

Sim, pois como há diversos tipos diferentes de câncer de mama, ele pode surgir de diversas formas. Alguns surgem como calcificações, outros como nódulos e outros como infiltrações no tecido mamário, o que é ainda mais difícil de ser diagnosticado. Alguns até mesmo têm características de tumores benignos. Todos os métodos de imagem podem encontrar lesões, mas somente a biópsia dá o resultado final de diagnóstico.

6- Este exame é necessário?

Sim. Com as dimensões reduzidas no exame, há maiores chances de uma detecção mais precisa do câncer de mama.

7- Esse exame é um substituto da mamografia?

A Tomossíntese é usada em conjunto com a mamografia, pois desta forma tem-se detectado mais cânceres sem os falsos positivos.

8- A Tomossíntese é um método indolor?

No exame de Tomossíntese, a compressão da mama é menor, causando menos desconforto. Mas na forma combinada, a compressão da mama é a mesma da tomografia, o que é suportável para a maioria das pacientes.

 9- Será preciso algum tipo de treinamento extra para operar a máquina?

Os médicos precisarão de algum treinamento de curto período para poder adaptar-se ao equipamento. A prévia experiência com diagnósticos 3D é uma vantagem.

10 – Qual a desvantagem da Tomossíntese?

A Tomossíntese emite mais radiação do que um mamógrafo digital.

Arquivo em: — Clínica da Mama @ 03/03/2017, 14:12

OUTRAS NOTÍCIAS

MARQUE SUA CONSULTA OU EXAME:

Para Agendar Consultas, Exames e Procedimentos.
(61) 3213 6625